Tout le monde a des restes de rêves
Recomeçe Questione Procure Pictures Mande
19 notes △▽ reblog this post

bau-das-palavras:

Forma & Conteúdo

Que algum poeta
Transforme em poesia
A dor que eu
Não consegui superar.

(Marcelo Oriani)

605 notes △▽ reblog this post
"Porque aquilo que dói mais, é aquilo que nunca existiu."
Caotizei.  
1,082 notes △▽ reblog this post
"O sonho dela era ser uma estrela, desde criança ela queria brilhar nos palcos dos maiores teatros do mundo, desde criança ela almejava um bom futuro, ela queria ser uma atriz, famosa, ser mais uma estrela na calçada da fama. É mais o tempo deu uma regressão em um acidente ela se transformou em mais uma que veio em vão. Lua satélite do planeta terra, estrela satélite, gira em volta de nós controlando as marés, Lua era o nome dela. Quando do acidente eu soube muito muito chorei, olhei para o céu e sabe aquela bola branca que iluminava o negro céu, então seu nome eu dei. Eu te amava e nem tive tempo de falar tudo que eu sentia. Além do mais sempre fui muito tímido, e sempre quis falar com as melhores palavras do mundo. Você era linda e uma ótima atriz, com certeza seria uma linda estrela de sucesso. Eu queria homenagear você, mostrar o quão inesquecível você foi para mim. Você queria ser uma estrela de sucesso, e eu estava tentando realizar seu sonho, além do mais aquela linda bola branca, ou melhor aquela luz na escuridão não tinha nome, era identificada por números e letras. No inicio você era minguante, crescente, e logo após estava cheia, sabe? Não importava seu estado, eu não cansava de olhar para o céu e dizer te amo, além do mais eu te amava. Ainda te amor, e te amarei acho que enquanto você se chamar lua, e estiver acesa lá no céu."
O sonho dela era ser estrela. O menino que observava a lua.  
244 notes △▽ reblog this post
"Olha só a tempestade que sou sem você."
Nick
156 notes △▽ reblog this post
" Londres, 1992.
Desculpe-me por mandar essa carta, mas eu estou com saudades. Eu sei, eu vim porque eu quis, mas eu não poderia deixar uma oportunidade dessas escapar. Você sabe como eu sou apaixonada pela Inglaterra e o quanto desejava vir para cá. As semanas viraram meses e eu soube que você está com outra pessoa. Eu não consegui acreditar. Você prometeu tantas coisas, meu anjo, e acabou ficando com a primeira que apareceu. Eu estive olhando a única carta que você me mandou, lembra? Você dizia que ia me esperar e que casaríamos assim que eu voltasse, mas você não cumpriu sua promessa. Sabe eu já visitei toda Inglaterra e aqui é maravilhoso, mas a cada esquina que eu dobro eu penso em você. Penso em como segurava minhas mãos, como me fazia sorrir mesmo que não quisesse, como eu não conseguia tirar os olhos de você… Como a gente ria deitados no gramado da sua casa. Meu coração ficou com você quando entrei naquele avião, deixei todo meu amor no aeroporto. Desde que soube que você seguiu em frente eu tento te esquecer, mas eu preciso de você. Iríamos viver um “felizes para sempre”. Digo isso, pois acreditei que teríamos o nosso “pra sempre”. Você não imagina como foi difícil pra mim quando descobri que tinha me tornado só mais uma página virada em sua vida, eu fui com toda a certeza de que você iria me esperar, como eu te espero até hoje. Não acredito que você me esqueceu tão fácil assim, se jogou nos braços de outra enquanto me enchia de esperanças. Conheci cada cantinho daqui, cada lugar; e cada momento que passo imagino você ao meu lado, me fazendo cafuné, cuidando de mim como sempre fazíamos, cuidávamos um do outro, meu bem . Você era minha ancora, meu porto seguro, e na primeira oportunidade fez com que suas promessas fossem embora aos ventos, ou melhor, com as águas. E devem ter sido águas calmas e profundas, pois me afoguei no teu desinteresse, me afoguei na esperança de ter-te comigo como jamais quis deixar-te, mas vejo que foram esperanças vãs, fajutas. As promessas que fizemos agora já não valem mais. E essa minha viajem de volta parece ter sido um completo erro, uma lástima, e parece não fazer sentido algum. Eu imaginava este momento como em um filme antigo, onde eu saía da multidão no aeroporto e corria para teus braços, esse braços que tanto conheço, que tanto me aqueceram. Mas nada disso irá acontecer não é?! Não, nada disso. Mas, enfim, não irei carregar rancor, apenas a vontade de no final acabar ficando com alguém melhor que você, com alguém que cumpra promessas e que me espere, como um dia eu te esperei."
Escrito por MayaraJasmyne e Paula em Julieta-s.  
6,301 notes △▽ reblog this post
"Ninguém luta por aquilo que não deseja mais"
Gabito Nunes. 
2,853 notes △▽ reblog this post
"Eu tenho gritado por anos, e nunca ninguém me ouviu."
Ciceero M.  
27 notes △▽ reblog this post
"Eu me perdi em minhas próprias palavras
nada do que se conta é o que vivi
sou um dicionario não impresso
os sinônimos de dor que nunca senti
me perdi nos lábios das palavras
que morreram quando pronunciadas
- Sou as palavras que nunca hão de existir
Eu sou o nada! sou aquilo que se perde e não faz falta
e FUI tudo o que senti."
MÔNACO | 1960 
2,119 notes △▽ reblog this post
"Meu bem, eu já amei demais nessa vida. E o pouco que amei sofri o suficiente pra não querer amar mais ninguém."
Carolline Libório. 
2,580 notes △▽ reblog this post
"É cedo pra pensar nestas coisas ou eu estou sendo idiota?"
Gabito Nunes